Notícias

Recursos tecnológicos reforçam conhecimento em sala de aula

Alunos têm oportunidade de realizar expedições, analisar obras artísticas, criar seu próprio dicionário e aprender sobre a importância da alimentação balanceada

Referência no Rio Grande do Sul e no Brasil pelo uso das ferramentas do Google For Education, o Colégio Província de São Pedro soma, ao longo do ano, diversos projetos desenvolvidos em sala de aula com auxílio dos recursos tecnológicos. São atividades voltadas à história, artes visuais e literatura, linguagem e conscientização alimentar, que incentivam o processo de pesquisa nos estudantes das turmas das Séries Finais do Ensino Fundamental.

– A educação não pode mais estar alheia às tendências tecnológicas do mundo onde nossos alunos estão inseridos. Os dispositivos são utilizados por eles em outros aspectos do cotidiano, portanto agregá-los de uma forma que contribua para o processo de aprendizagem traz grandes benefícios. São recursos com os quais podemos contar na hora de oferecer uma abordagem diferenciada, que chamam atenção e mostram que é possível aprender de outras formas – destacam as coordenadoras Renata Abib Quadros e Patricia Dupke.

A professora de História Eliane Pereira Cavalcanti propôs aos alunos do 6° ano visualizar em obras cinematográficas, como Percy Jackson, Tempos Modernos e A Jovem Rainha Vitória, os fatos relevantes, e todos puderam diferenciar o real da ficção. Após, os jovens apresentaram seus trabalhos com recursos dos documentos compartilhados em aulas com o Chromebook.

Os estudantes do 8° ano também tiveram oportunidade de conhecer o trabalho da fotógrafa do Metropolitan Museum of Art, Hyla Skopitz, através de uma expedição com óculos de realidade virtual com o recurso Art Project. O objetivo do trabalho proposto pela professora de Português Moema Santanna era incentivá-los a pesquisar sobre a origem de exposições artísticas e fazer a análise de uma obra literária.

Entre os recursos que o Google For Education oferece também está a possibilidade de elaborar um dicionário ilustrado, auxiliando a compreensão de termos relacionados ao vestuário. A atividade, proposta pelo professor de Inglês Rafael Volpatto, contou com uma leitura introdutória do conteúdo através do Classroom (sala de aula virtual) e, após a produção do dicionário, os jovens utilizaram-no para descrever o que os colegas estavam vestindo.

A tecnologia também contribui para despertar e incentivar a alimentação saudável. O professor de Ciências Alexandre Martins desenvolveu, com seus alunos do 7° ano, um portal digital pela ferramenta Google Sites, para compilar os documentos que eles elaboraram com o objetivo de divulgar o assunto no Colégio. Entre os materiais expostos estão reportagens, gráficos, oratórias, entrevistas, vídeos e quadrinhos. O projeto também estimulou os jovens a elaborarem seus próprios projetos de pesquisa.

Além das ferramentas citadas anteriormente, o Colégio Província utiliza, desde o segundo semestre de 2015, o aplicativo Pruvo, que faz a avaliação de resultados. No ano passado, os diretores Guilherme Peretti e Vicente Peretti e a coordenadora Renata Abib Quadros estiveram em São Paulo para apresentar a experiência.