Notícias

Leitura deve ser estimulada durante o período de férias

O hábito da leitura deve ser estimulado tanto na escola quando em casa. Nesse 7 de janeiro, dia do leitor, é importante lembrar-se desse passatempo tão importante para o desenvolvimento das crianças. Mesmo nas férias, a atividade deve continuar na rotina dos estudantes.

– Sempre digo que os pais não devem pedir que os filhos estudem durante esse período, mas que eles nunca devem deixar de incentivar a leitura. Recomendo que um dos passeios das férias seja em uma livraria, em que as crianças fiquem livres para escolher uma obra nova, pois isso as deixa com vontade de ler – sugere a professora do colégio Província de São Pedro Fidélia Manfrin.

Foto: Marcelo Matusiak.Para a professora, ler deve ser um momento prazeroso. Por isso, ela procura deixar que os alunos decidam quais leituras querem fazer. Aquelas crianças que dizem não gostar da atividade precisam encontrar um gênero que as agrade, então é preciso incentivá-las a descobrirem o que gostam. Para isso, deve-se oportunizar a experimentação de vários gêneros, como poesia, contos e ficção de temas variados.

A leitura desenvolve o raciocínio, a imaginação, a melhor escrita e a memória. Além disso, o aprendizado de português se torna mais fácil quando a criança lê muito, tanto na parte de gramática, como na de interpretação de texto. Nos dias de hoje, com computadores, tablets, videogames e smartphones, a leitura é outro passatempo, que provoca reações diferentes, permite que a criança crie mais e deve fazer parte do dia-a-dia.

– A leitura é sempre diferente de um filme, por exemplo. O Diário de Um Banana é uma série de livros que os alunos gostam muito, e que foi adaptada para o cinema. Mesmo assim, quem lê sempre tem mais informações da história e pode imaginar certos personagens e cenários do seu jeito – comenta Fidélia Manfrin.

Para estimular essa criação, a professora pede que os alunos escrevam textos com temas variados sobre o que leem.

– Toda semana peço que eles escolham um livro para ler e entreguem uma resenha com informações da obra e opinião deles. Muitas vezes criamos formas diferentes para eles explorarem a leitura, como escolher uma forma de modificar o final da narrativa, mudar ou acrescentar um personagem ou fazer outras mudanças na história – explica.

Ao longo do ano letivo, o Colégio Província de São Pedro realiza uma série de atividades que estimulam a leitura, como apresentações de poesia e teatro, feira do livro estudantil, narração de contos e encontros com escritores.