Notícias

Festival proporciona discussão sobre filmes clássicos

3° Festival de Filmes do Colégio Província foi oferecido aos alunos do 9º ano e Ensino Médio

Um dia dedicado ao cinema, à cultura e aos bons filmes. A 3° edição do Festival de Filmes do Colégio Província atraiu os alunos do 9º ano e do Ensino Médio, apresentando filmes clássicos em aulas contextualizadas. Na sala de Inglês, os estudantes estavam ansiosos para o início do filme “Godzilla”, indicação do professor de Sociologia e História, Carlos André Krakhecke.

– O cinema é uma mídia superpopular entre os alunos e faz parte da cultura, mas não falamos sobre a maioria dos clássicos em sala de aula. Os filmes dialogam entre si, e quem entende isso tende a ser um amante do cinema e das boas histórias. Eu escolhi o primeiro Godzilla, de 1954, porque eu gosto muito, mas principalmente para mostrar que alguns filmes podem até parecer bobos, mas não são, pois contam a história de um período. Utilizo algumas citações do filme em sala de aula também, sobre radiação e bombas nucleares. Falo sobre a produção e a direção do filme. É uma aula diferente e eles gostam bastante, interagem conosco – salienta o professor.

Com uma lista de sete filmes, os estudantes podiam escolher quais queriam ver. Para entrar na sala de exibição, era entregue um ingresso, simulando um bilhete de cinema. Aluno do 3° ano do Ensino Médio, Roberto Cortes se inscreveu para o clássico do cinema japonês.

– Eu escolhi ver o Godzilla original, que eu nunca assisti. Já vi algumas adaptações, mas gostei da oportunidade de ver o primeiro filme. Eu sempre valorizei a cultura, e a minha família me incentiva a ler, ver filmes e ouvir música. Acho uma ótima oportunidade esse Festival de Filmes para alguns colegas que não são tão familiarizados com esses clássicos – relata.

Na sala de História, o professor Cláudio Guimarães estava animado com a exibição do filme brasileiro “O ano em que meus pais saíram de férias”.

– É um filme com que os alunos não têm muito contato e não está no estilo de filme que eles vão assistir. A nossa intenção, com o Festival, é mostrar filmes que não são vistos pelo grande público, pois não são badalados. Esse filme é sobre a Ditadura Militar, um conteúdo que estou trabalhando com eles, e sobre a propaganda do Estado com o futebol. Aproveitamos sempre para realizar um debate sobre os mais variados assuntos, e os alunos participam bastante, se envolvem e buscam mais informações após assistirem – destaca o professor de História.

O 3° Festival de Filmes do Província contou, ainda, com a exibição dos filmes “Billy Elliot”, “Blade Runner”, “Domésticas”, “Os Inocentes” e “Uma Vida Iluminada”.