Notícias

Alunos recebem visita do escritor infantil Jonas Ribeiro

Escritor autografou livro que incentiva a originalidade das crianças

A história narra como o João-Ninguém conseguiu encontrar um caminho, parou de fazer apenas o que os amigos queriam e iniciou uma trajetória de vida sem se importar com as diferenças do outro. Nossos alunos do Jardim B do Colégio Província de São Pedro aprenderam sobre respeitar as diferenças de opiniões em uma aula descontraída e lúdica que contou com a presença do escritor infantil Jonas Ribeiro.

– O livro “João, Maria e o caminho” foi muito importante para as crianças, pois aprenderam que não precisam imitar o outro e que podem seguir o seu próprio caminho. Também perceberam que cada um tem um gosto e uma característica. Na idade em que eles estão, é um incentivo – destaca a professora do Jardim B, Patrícia Machado.

O encontro com o escritor já estava programado desde o início do semestre. Por isso, atividades de diversas áreas foram realizadas antecipadamente com os pequenos. Os trabalhos de Matemática apresentaram o conjunto dos números. Já as aulas de Artes trouxeram dobraduras e jogo da memória. Para Jonas Ribeiro, é muito encantador saber que o Província consegue aproveitar suas histórias para enriquecer o aprendizado em sala de aula.

– Quando um escritor produz histórias e livros, não tem ideia dos desdobramentos que esses materiais terão na vida dos leitores e das suas famílias. É muito interessante sentir esse feedback e ver como cada aluno interpretou o livro. As crianças lançam um olhar que nem mesmo o autor conseguiu atingir. A melhor moeda é saber que seu livro foi lido. A felicidade do escritor é ver que a criança está “devorando” o seu livro e, quando faz isso, incorpora a história, pois a gente não cresce só com alimento, mas com história também, com sonho e esperança – afirma Jonas Ribeiro.

Encantados com o autor presente na aula, os pequenos formaram fila para que seus exemplares fossem autografados. Ao final do encontro, alguns contos do livro “Uma dúzia de histórias divertidas” foram encenados para os pequenos do Jardim B, que observaram encantados o mover das marionetes e tecidos coloridos.